Ernâni Motta


A MÚSICA PARA ESTE FINAL DE SEMANA

A música para este final de semana é um samba maravilhoso, cantado por uma moça potiguar/carioca, por ter nascido no Rio Grande do Norte e ter vindo para o Rio ainda criança, conforme se lê em seu site. Sua voz tem uma suavidade que nos chega aos ouvidos muita doçura e nos pedindo silêncio para ouvi-la. A música para este final de semana, amigas e amigos, diz por si porque vale a pena ouvi-la. Senhoras e senhores, a música para este final de semana é “Samba de Um Minuto”, com Roberta Sá.

 

Samba de Um Minuto

Roberta Sá

Devagar
Esquece o tempo lá de fora
Devagar
Esqueça a rima que for cara.

Escute o que vou lhe dizer
Um minuto de sua atenção
Com minha dor não se brinca
Já disse que não
Com minha dor não se brinca
Já disse que não.

Devagar
Esquece o tempo lá de fora
Devagar
Esqueça a rima que for cara.

Escute o que vou lhe dizer
Um minuto de sua atenção
Com minha dor não se brinca
Já disse que não
Com minha dor não se brinca
Já disse que não.

Devagar, devagar com o andor
Teu santo é de barro e a fonte secou
Já não tens tanta verdade pra dizer
Nem tão pouco mais maldade pra fazer.

E se a dor é de saudade
E a saudade é de matar
Em meu peito a novidade
Vai enfim me libertar.

Devagar...



Escrito por Ernâni Motta às 20h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




FIM DE SEMANA

Devido ao tempo decorrido, não queria mais comentar sobre a morte do repórter cinematográfico, Santiago Andrade, da Rede Bandeirantes, no início do mês, vítima da irresponsabilidade de dois rapazes de um grupo de arruaceiros, chamado “black bloc”, que tem se infiltrado nos protestos de rua, realizados nas principais cidades do país, desde junho passado. Mas, como o fato está tendo desdobramentos, inclusive, políticos, me permito fazer os meus comentários.

Santiago foi presa fácil, no mínimo, em dois sentidos, um de seu próprio patrão que o enviou para a cobertura de um evento belicoso sem colete a prova de bala, sem capacete, óculos protetores, enfim, sem nenhum equipamento que lhe resguardasse a integridade física. Muitos foram as manifestações de apoio dadas aos repórteres, à família do cinegrafista, mas, com raríssimas exceções, se ouviu algum comentário sobre a falta de proteção como ele estava trabalhando. Do mesmo grupo, há poucos anos, outro repórter cinematográfico foi morto por bandidos, em um confronto entre estes e a polícia, em uma comunidade carioca. À época, falou-se que o colete que o cinegrafista usava estaria vencido e não vi o Sindicato dos Jornalistas fazer qualquer denúncia ou cobrar averiguações das autoridades. Morreu, morreu!...

O movimento intitulado “Black Bloc”, como já fartamente noticiado, nasceu na Alemanha, ao fim dos anos 1980, com o objetivo de denunciar os abusos da polícia. Depois, espalhou-se pela Europa, até chegar aos Estados Unidos. Merece, portanto, atenção positiva, diante de sua destinação. Mas, ao chegar ao Brasil, perdeu o rumo e virou um amontoado de baderneiros, dispostos, unicamente, a depredar patrimônios públicos e privados. São manifestações que não levam a absolutamente nada, apenas provocam ações mais truculentas da Policia, prejuízo ao povo, que, em última instância, é quem termina por pagar mais impostos para reformar os bens públicos depredados e sofre com o aumento dos preços de produtos e serviços da iniciativa privada, que não quer arcar com os custos para refazer os seus bens.

O desdobramento político se deu em duas vertentes, uma, com o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), sendo acusado de dar proteção aos denunciados pela morte de Santiago, o que ele negou, inclusive, com um ato de desagravo no Instituto de Filosofia, da UFRJ, realizado por seus amigos. E a outra, pela iniciativa do ministro da Justiça de enviar um Projeto ao Congresso disciplinando os protestos de rua. Iniciativa paupérrima de sentido prático, se nos lembrarmos de que nos anos da ditadura projetos semelhantes já tentaram ser criados e só aumentou a animosidade, entre as partes.

Se os arruaceiros forem tratados, pelas Leis vigentes, já se estará fazendo valer a todo cidadão o seu direito, sobretudo, de ir e vir. Mas, as Leis devem servir, igualmente, aos que têm o dever ser cuidar dos interesses do povo e do Estado. A falta de seriedade no trato da coisa pública, quer por parte do governo, quer por seus concessionários, motiva esse tipo de ação. O que é, realmente, lamentável!

Um último detalhe, dizer que a mídia só deu importância à morte de Santiago porque ele era repórter é tratar o assunto com mesquinhez e sem o menor espírito cristão. Mais lamentável, ainda!

E você o que acha dos black blocs? Seja como for, eu espero que você tenha um fim de semana de muita paz, solidariedade e sabedoria.

No mais Tim-tim!



Escrito por Ernâni Motta às 20h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PREFEITO CONSEGUE PROVOCAR O CAOS NA CIDADE

O caos no trânsito, notadamente, no Centro do Rio, essa semana, provocado pelas ações da Prefeitura, é um daqueles acontecimentos que só um povo pacífico, a despeito dos “black blocs”, citados acima, faz por merecer.

O prefeito quer a qualquer custo entrar para a História da cidade e irá conseguir, porquanto por muitos anos os cariocas irão se lembrar da balbúrdia que foi o fechamento do “Mergulhão”, a derrubada do elevado da Perimetral e o fechamento da Avenida Rio Branco para carro de passeios.

O prefeito ocupou rádios e TVs para pedir à população que não fosse ao Centro de carro, porém, se esqueceu de exigir das empresas de ônibus que aumentassem a frota, com carros próprios para o transporte de gente; com horário respeitado; equipados com ar-condicionado, a se considerar o calor que faz no Rio de Janeiro; adequadamente limpos e outros benefícios que o usuário tem direito, até porque preço da passagem foi majorado, por determinação dele, contrariando a recomendação do Tribunal de Contas.

O Globo noticiou, na terça-feira: “O primeiro dia útil das mudanças no trânsito do Centro, provocadas pelo fechamento do Mergulhão da Praça Quinze e pela implantação da mão dupla na Avenida Rio Branco, foi de cos em algumas das principais vias da cidade. O tráfego parou na Avenida Presidente Vargas, na Avenida Brasil, na Ponte Rio-Niteroi, na Linha Amarela e na Praça da Bandeira”. Mesmo quem não conhece o Rio, pelo número de ruas e avenidas que foram atingidas, percebe a bagunça em que se transformou a cidade.

Agentes de trânsito e o próprio secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, ficaram perdidos em meio à confusão gerada, tentando dar o mínimo de ordem ao tráfego, inutilmente. Durante toda a semana, outros problemas surgirão, inclusive com os sinais sem sincronização e alguns somente com a luz amarela intermitente.

Dudu, seu desejo já se confirmou. Você já entrou para a História da cidade do Rio de Janeiro, como o prefeito bagunceiro. Tá bom?...



Escrito por Ernâni Motta às 20h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




MÉDICOS NEGAM PEDIDO DE APOSENTADORIA POR INVALIDEZ A GENOINO

O ex-deputado José Genoino (PT-SP), um dos condenados no processo do mensalão, recebeu novo laudo negativo a seu pedido de aposentadoria por invalidez. Na sexta-feira (14), médicos da Câmara entregaram à direção da Casa um parecer em que negam o pedido do ex-parlamentar. Pela segunda vez, a junta médica afirma que Genoino, que tem pressão alta, possui limitações à sua saúde, mas elas não são suficientemente graves para justificar uma aposentadoria especial.

A notícia acima está publicada no site “Congresso em foco” (congressoemfoco.uol.com.br), que diz ainda: “Hoje Genoino pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) prisão domiciliar definitiva. Ele alegou que, além dos problemas no coração possui uma “síndrome depressiva”, segundo a Globonews. O pedido será analisado pelo presidente do tribunal e relator do mensalão, Joaquim Barbosa. Genoino cumpre, provisoriamente, a pena de prisão em casa em Brasília.”

“No pedido, o advogado Luiz Fernando Pacheco argumenta que Genoino tem cardiopatia grave e não tem condições de cumprir a pena em um presídio por ser “paciente idoso vítima de dissecção da aorta”. Segundo ele, o sistema penitenciário não tem condições de oferecer tratamento médico adequado ao ex-parlamentar. “Qualquer outra solução significa expor desnecessariamente o paciente a elevado risco de morte (sic), tendo em conta a possibilidade da ocorrência de trombos, picos hipertensivos ou eventos hemorrágicos ou cardiológicos”, afirmou o advogado.”

A insistência do advogado de Genoino, por suas alegações, é interessante, porquanto contrariam o parecer dos médicos. Já pensou se daqui para frente os médicos começassem a dar pareceres jurídicos, economistas interferirem em ações de engenharia e por aí afora?...

Mas, aguardemos a definição do ministro Joaquim Barbosa!



Escrito por Ernâni Motta às 20h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TUCANO TAMBÉM RENUNCIA

Por sua vez, ex-governador de Minas, Eduardo Azeredo (PSDB-MG), resolveu renunciar ao seu mandato de deputado federal, nesta quarta-feira, em uma tentativa de não ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal, depois que o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, no início do mês, tê-lo denunciado junto ao STF e pedido a sua prisão por 22 anos, acusado de comandar o esquema de corrupção que ficou conhecido como “mensalão do PSDB mineiro”.

O agora ex-deputado chegou a afirmar que se comparava a Lula, porquanto nada sabia sobre as acusações do referido esquema. Entretanto, se viu abandonado por seus companheiros de partido, conforme divulgou a mídia, e, por isso, decidiu-se pela renúncia.

Como se pode perceber, por mais que petistas e tucanos neguem, há entre eles uma semelhança pantagruélica. Os ataques de lado a lado são apenas palavras de “casalzinho” que se separou transbordando mágoas.



Escrito por Ernâni Motta às 20h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




DA COLUNA DO ANCELMO GOIS, EM O GLOBO, NESTA QUINTA-FEIRA:

Cena carioca

 

Um senhorzinho entrou, dias destes, numa agência do Itaú, em Bonsucesso. Quando chegou sua vez de ser atendido, ele tirou da mochila... uma garrafa térmica. Quem estava atrás acho que ele iria tomar um cafezinho, mas... ele tirou de lá, acredite, R$ 5 mil. Pagou suas contas e foi embora.



Escrito por Ernâni Motta às 20h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




STF DECRETA PRISÃO DE ROBERTO JEFFERSON

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e relator do processo do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, negou nesta sexta-feira (21) o pedido de prisão domiciliar feito pelo ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do esquema e um dos condenados no julgamento, e mandou prendê-lo. A Polícia Federal, no entanto, informou que ainda não recebeu mandado de prisão.

Jefferson foi condenado a 7 anos e 14 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, mas, por conta dos seus problemas de saúde, pleiteava cumprir a pena em prisão domiciliar. Ele alega que precisa de cuidados médicos especiais porque ainda está em tratamento contra um câncer no pâncreas.

Com o seu pedido negado, o ex-deputado deverá cumprir a pena no regime semiaberto. Pela lei, penas de 4 a 8 anos são cumpridas no semiaberto, em que o preso pode, mediante autorização judicial, sair durante o dia para trabalhar.

Texto reproduzido do UOL Notícias



Escrito por Ernâni Motta às 20h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PARA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES:

CARÊNCIA

Renata Braz 

estou carente
de conversa inteligente
que me desafie, que brinque
com as emoções mais escondidas
carente até daquela fala contida
fala de pausas compassadas
que duram o suficiente
pra deixar curiosa toda gente

A pérola de hoje está publicada originalmente na página “Tatami, coisa e tao”, da autora, a minha Renata Braz, no Facebook, a quem deixo aqui o meu muito obrigado, pelo carinho de sempre. E deixo também o meu convite para você passar no Facebook e curtir a página da Renata, há tanta coisa boa por lá!...



Escrito por Ernâni Motta às 20h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Homem, de 56 a 65 anos, Portuguese, Latin, Música, Esportes
MSN -
Histórico
Outros sites
  A B I
  A Gazeta - Macapá
  Alcinéa Cavalcante
  Alcy Araujo
  Alecrim Dourado [Denise Castro]
  Além do Release
  André Wernner
  Arte Vital - Antonio Siqueira
  Blog do Coração [Carlinha]
  Blog da Renatinha
  Boca Diurna [Marcos Santos]
  BOL - E-mail grátis
  Bonfim Salgado
  Caneta Sem Fronteira
  Castro
  Ceci
  Chico Terra
  Cinthia Carolina
  Cliver Campos
  Cotidiano de uma Grande Família [Zany Vasconcelos]
  Daniel de Andrade
  Diário do Amapá
  Diniz Sena
  Emendas e Sonetos
  Erika
  Fernando Canto
  Flor de Lis [Lislene]
  Interagindo [Bete]
  Ivan Carlo
  Josias de Souza
  Labirintos da Alma [Ianê Mello]
  Lilian Maial
  Lilian Maial [Poetrix]
  Lino Resende
  Lou Vilela [Nudez Poética]
  Luz de Luma
  Marcia do Valle
  Marizete Assis
  Meire
  Neste Instante [Kiara Guedes]
  O Contador de História
  Paulo Ghiraldelli Jr
  Pavulagem da Ro [Roseane]
  Pepê Mattos
  Portal G1
  Portal R7
  Rádio Difusora de Macapá
  Rádio Educadora - Rodrigo Cunha
  Raul Mareco
  REBRA
  Recanto das Palavras [Jorge Alberto]
  Renivaldo Costa [Pauta que pariu]
  Repiquete no Meio do Mundo [Alcilene Cavalcante]
  Reticências
  Ricardo Noblat
  Ruy Guarani
  Tempo in-verso [Elza Fraga]
  UOL - O melhor conteúdo
  "Você Nem Imagina 2"
  Veneide
  "30&Alguns" [Veridiana Serpa]
  Palavra de Maria [Yvette Maria Moura]
  Nova Poesia Brasileira
  Veredas [Jac Rizzo]
  Histórias de Amor
  Ana Elisa Poesias
  Beth Zhalouth
  Fina Sintonia-2 [João Lázaro]
  Otelice Soares
  Raissa Stèphanie [Muito Além das Histórias de Amor]
  Ecológika
  Rosany Costa
  Hanna
  Jornal Extra Amapá
  Alessandra Lameira
  PETRORIANA [GISELLE FIGUEIREDO]
  Pragmatismo Político
Votação
  Dê uma nota para meu blog